Upcycling fashion project: Como agregar valor a algo que não é mais usado

Patricia Amorim da Silva

Upcycling fashion project: Como agregar valor a algo que não é mais usado

Projeto de Patricia Amorim da Silva

Contribuição do projeto para a educação

Neste projeto, os alunos procuraram entender melhor o ciclo de uso do produto, os recursos utilizados em sua produção e o impacto de seus resíduos. Eles refletiram sobre as consequências do consumismo para as sociedades modernas e futuras e o impacto ambiental do mesmo. À medida que desenvolvemos nossa própria oficina de reciclagem, buscamos maneiras de incentivar as pessoas a terem informações e conscientização relevantes para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida em harmonia com a natureza. (Meta Global 12.8)

Aspectos curriculares atendidos pelo projeto

COMO PODEMOS USAR A REUTILIZAÇÃO PARA AJUDAR A CRIAR UM ESTILO DE VIDA SUSTENTÁVEL?

Nosso objetivo é fazer com que os visitantes vivenciem uma experiência reflexiva relacionada ao consumismo e às suas consequências para a sociedade e o meio ambiente. Os estudantes farão um percurso no qual guiarão os pais nessa reflexão, mostrando a narrativa do processo de aprendizado que guiou o projeto em questão.

Valorização da diversidade e inclusão

O projeto valoriza a diversidade na medida em que discute o consumismo em diversas instâncias da sociedade e propõe alternativas para uma vida mais sustentável. Os alunos tiveram acesso a profissionais da área da moda e da economia sustentável para que traçassem as suas próprias conclusões sobre o consumismo e as suas consequências.

Atividades desenvolvidas no Projeto

Início do percurso:

Os estudantes fazem a primeira etapa de uma rotina de pensamento (Visible Thinking Routine) sobre o que eles experimentarão ao longo dos encontros, e fazem a primeira parte da VTR “I used to think… but now I think” (Eu costumava pensar…. mas agora eu sei…).

1a etapa do percurso: Propagandas

O ambiente é customizado com a colagem de várias propagandas que incitam o consumo. Além das colagem, haverá várias frases provocativas, tais como:

Quantas roupas vocês usam?;
Quantas roupas vcs repetem?;
Quanto vcs compram?;
Quanto vocês compram e não usam?;

2a etapa: Globalização

Os estudantes foram expostos a imagens de fábricas, de fotos do fashion revolution, a fim de travar com os pais uma discussão a respeito da origem da roupas que usam e sua relação com a globalização.

Desafio – Fashion revolution

1 – Faça uma selfie com a etiqueta da marca que está vestindo

2 – Pergunte na legenda: @nomedamarca #QuemfezMinhasRoupas? #FashionRevolution

3 – Poste e faça parte dessa revolução!

 

3a etapa do percurso: Colagem

Os estudantes fazem uma colagem coletiva. Essa colagem deverá ser uma reflexão, as etapas desta atividade foram:

Etapas antes da colagem:

• Identificar os recursos ambientais e sociais utilizados para fabricação da peça, apontando com fotos os impactos.
• Analisar de que forma aquela peça de roupa representa um estilo de vida imposto pela sociedade consumista (o papel da propaganda).

Após a colagem:

Escrever um comentário que faça uma análise da globalização sob a ótica do consumismo e que ajude a explicar a sua colagem.

4a etapa do percurso: Upcycling

Os estudantes fizeram “um upcycling” em uma peça de roupa.

Instrumentos utilizados na avaliação

PROJETO RE-DESIGN DE ROUPAS

Transformação de peças do vestuário esquecidas nos guarda roupas.

Objetivos: Trabalhar a prática e a criatividade através da transformação de roupas que estão em desuso em peças modernas e atuais.

Materiais: 1 calça jeans ou 1 camiseta

Materiais indispensáveis para costura como: tesoura, agulha, giz de tecido, linha na cor do tecido.

Pedrarias, tintas, fitas, retalhos.

Após as etapas descritas anteriormente os estudantes separaram uma peça de roupa de pouco uso ou que não servisse mais.

A intenção é que esta peça fosse customizada para uso próprio ou pudesse ser doada para o Street Store (bazar solidário realizado pela escola).

Os estudantes do 9º ano foram apresentados a diversas técnicas de customização para que pudessem escolher a que melhor atendesse expectativas deles. Posteriormente foi feita uma lista de materiais necessários e iniciaram o desenho de croqui de como imaginavam que a peça ficaria.

Para que pudéssemos entender como seguir o caminho da sustentabilidade dentro da indústria da moda, fizemos uma visita a universidade Moura Lacerda. Durante a visita os alunos puderam conversar com os coordenadores e trocar experiências com os estudantes do curso de moda. Também puderam conhecer os ateliês onde puderam realizar a customização das pecas.

Após a realização do projeto os estudantes do 9º ano fizeram uma reflexão sobre os resultados e o processo.

Resultado observado

Critérios de avaliação:

Eu posso diferenciar e exemplificar os termos reclicagem, reuso e upcycling.

Eu posso usar de 3 a mais elementos e principios do desing de moda para ilustrar a minha peça de roupa.

No final do projeto, em um festival do aprendizado, os estudantes organizaram um workshop para ser realizado com os pais e outros visitantes. Uma sala foi organizada para que os todos pudessem passar pelas mesmas etapas experienciadas pelos estudantes do 9º ano durante o desenvolvimento do projeto.

O texto deste projeto foi enviado pelo autor e é de responsabilidade do autor deste projeto.

Projeto ajuda no desenvolvimento de quais competências?

ConhecimentoComunicaçãoRepertório culturalTrabalho e projeto de vidaEmpatia e cooperaçãoResponsabilidade e cidadaniaPensamento científico, crítico e criativo

Horas/Aulas aplicadas ao projeto.

140 horas diárias

140 horas diárias

Público-alvo do projeto.

Médio

Horas/Aulas aplicadas ao projeto.

Parque

Escola Pública

Escola Particular

Quantidade adequada de participantes.

20 participantes

20 participantes

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Imprimir Página